thedapperproject:

James Dean

charminglyantiquated:

a little love story about mermaids and tattoos

outonismo:

Mateus William
Mas há a vida que é para ser intensamente vivida, há o amor. Há o amor. Que tem que ser vivido até a última gota. Sem nenhum medo. Não mata.
Clarice Lispector, no livro “A descoberta do mundo” - Rio de Janeiro, Ed. Rocco, 1999. (via temploculturaldelfos)
ttrram:

-

boyirl:

New Colour Work - 1991